O Grupo de Estudos do Consumo nasceu do amadurecimento do Núcleo de Estudos da Modernidade (NEMO), criado em 2003 a partir da proximidade acadêmica de duas professoras do Programa de Pós-Graduação de Antropologia da Universidade Federal Fluminense (UFF) – Livia Barbosa e Laura Graziela.

Imediatamente incorporou as professoras Fátima Portilho e Leticia Veloso e, alguns anos depois, o professor John Wilkinson e outros colegas.

Registrado no Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq, o grupo se propõe a refletir sobre as teorias sociológicas e antropológicas sobre as sociedades e culturas de consumo contemporâneas, e a desenvolver pesquisas empíricas que gerem dados relacionados às práticas cotidianas de consumo, suas diferentes percepções, suas transformações e seu impacto na esfera política, cultural, econômica e tecnológica.

Uma das principais atividades do grupo é a promoção do ENEC (Encontro Nacional de Estudos do Consumo) e, ainda, de Grupos de Trabalho em outros eventos acadêmicos.